| PESQUISA POR MATÉRIAS

sexta-feira, 8 de junho de 2018

FAMÍLIAS DO CONDOMÍNIO SÉRGIO FADEL, NO SAMAMBAIA, RECEBERÃO TÍTULOS DE REGULARIZAÇÃO

As escrituras definitivas das casas do condomínio Sérgio Fadel, no Samambaia, ficaram prontas em cartório. Com isso, 60 famílias que moram no conjunto habitacional há 22 anos terão finalmente a documentação entregue e o direito da regularização fundiária garantido. A notícia foi dada pelo prefeito Bernardo Rossi nesta quinta-feira (07.06), durante a entrega de um novo reservatório de água doado pela prefeitura e pela Águas do Imperador para atender cerca de 250 moradores.

O processo de regularização fundiária teve início em 2015 e foi acelerado pela prefeitura desde o ano passado a partir do acordo de cooperação técnica firmado com Instituto de Terras e Cartografias do Estado do Rio de Janeiro (Iterj). Em 2017, todas as famílias passaram por confirmação de cadastros e as casas tiveram levantamento topográfico. O registro dos imóveis em cartório era último passo necessário para a entrega dos títulos, o que foi concluído na quarta-feira (06.06).
“Essa é uma das melhores notícias que a prefeitura poderia dar para esses moradores. Eles estão aqui há mais de 20 anos e nesse tempo todo, não tiveram o direito de moradia reconhecido. No ano passado, a prefeitura se aproximou do Iterj e juntos temos trabalhado para permitir que a regularização fundiária seja acelerada no município. Agora vemos render os primeiros frutos. Depois de passar por todo trâmite necessário, a documentação definitiva será entregue para essas 60 famílias”, destacou o prefeito Bernardo Rossi.
O condomínio Sérgio Fadel foi construído para receber desabrigados da chuva de 1988. Sete anos depois, em 1995, as famílias começaram a ser levadas para lá, mas não houve cessão do imóvel, o que será feito somente agora – 22 anos depois. A iniciativa vai beneficiar moradores estão no condomínio desde o início, como a líder comunitária Lucimar Gomes Neto.
“Venho nessa luta desde que eu comecei a trabalhar por melhorias para o condomínio em 2014. Não que a gente não tenha uma documentação, mas é a provisória. Saber que a gente vai receber agora uma documentação oficial é tudo para nós. Posso falar em nome dos moradores, porque tenho certeza que todos vão ficar muito felizes”, disse Lucimar.
Atualmente, além do condomínio Sérgio Fadel, a prefeitura e o Iterj estão em processo para a regularização fundiária nas localidades: Atílio Marotti, Vicenzo Rivetti, Pedras Brancas, Vila São José, Siméria, Alto da Derrubada, Castelo São Manoel e Vale do Carangola -  totalizando cerca de 1,5 mil famílias.


Novo reservatório de água para o condomínio

O anúncio de que a documentação ficou pronta ocorreu no mesmo dia em que o condomínio recebeu a instalação de um novo reservatório de água com capacidade de 10 mil litros. Ele vai substituir a caixa d’água que atendia os moradores desde a construção do condomínio, mas que já apresentava rachaduras e, com isso, perda de água. O equipamento foi doado pela prefeitura e pela Águas do Imperador, que fez toda a preparação do espaço onde o reservatório vai ficar - numa parte alta do terreno - com uma base de concreto e a ligação de encanamento feita por seis funcionários nas últimas duas semanas. A água é fornecida com auxílio de uma bomba hidráulica que atende o Samambaia e a capacidade do reservatório será suficiente para suprir toda a demanda dos moradores.
“Já tem quatro anos que estamos na luta para trocar a caixa d’água por causa das rachaduras e dos vazamentos e hoje estamos recebendo essa benção. Agora acabamos com esse problema. Isso é muito importante para todos os moradores”, afirmou Lucimar Gomes Neto.

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI