quarta-feira, 13 de junho de 2018

LIVRO DE RECEITAS DA CULINÁRIA ALEMÃ SERÁ LANÇADO DURANTE A BAUERNFEST

Uma coleção de receitas típicas da época da colonização de Petrópolis compõe o livro “Antigas delícias & Histórias de Petrópolis”, das autoras Renata Pertot e Goreth Kling. O título será lançado no dia 29 de junho, às 15h, na Casa da Educação Visconde de Mauá, dentro da programação da Bauernfest 2018.

O livro mostra os relatos guardados através da oralidade, passados de gerações a gerações. As autoras autografarão o livro no dia 23 de junho, às 18h, na Bauern e no dia 29 de junho, na Casa da Educação. A obra tem o selo Bem Cultural Editora e traz fotos em cores de Ricardo Castro e Caroline Calixto, também responsáveis pelo projeto gráfico através da empresa NXT Comunicação. A coordenação editorial é de Catarina Maul.
O encontro entre as autoras foi possível através da tecnologia: Goreth Kling, moradora da cidade de Buxtehude, na Alemanha, começou a trocar mensagens com a quituteira Renata Perlot, moradora de Petrópolis. Com um descendente em comum, Goreth e Renata descobriram o desejo comum de contar um pouco da saga dos imigrantes em Petrópolis, levando em consideração todas as receitas guardadas em cadernos antigos. Todas as receitas foram testadas, reescritas e registradas. E foi durante esse processo que nasceu o livro.
Segundo Renata Perlot, a intenção do livro é a de despertar boas memórias, lembranças das avós e das receitinhas que enfeitavam os cadernos de receita. “Esse livro é uma missão. Trabalho muito com essa questão da memória no Clube 29 de junho e no Instituto Bingen e quero que leitor desperte as suas lembranças mais felizes, aqueles que remetem aos encontros de família”, disse Renata.
A data do lançamento na Casa da Educação é um motivo a mais de alegria para Renata. “Dia 29 de junho é um dia importante para a nossa cidade e poder compartilhar essas memórias na Casa da Educação é um motivo de orgulho. Um lugar nobre e que respira cultura”, contou Renata. 
“Com certeza, quem ganha é Petrópolis, pois através das receitas, cada um poderá reconstruir todas as receitas presentes em todas as refeições do dos colonos alemães, valorizando passo a passo a coragem dos pioneiros”, disse a diretora da Casa da Educação e coordenadora editorial da obra, Catarina Maul.

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI