terça-feira, 17 de julho de 2018

JUSTIÇA MANDA PRENDER CIRURGIÃO PLÁSTICO POR MORTE DE PACIENTE NO RIO


A Justiça do Rio de Janeiro determinou, nesta terça-feira (17), a prisão temporária do médico Denis Cesar Barros Furtado, de 45 anos, conhecido como "Doutor Bumbum", e de sua mãe. O profissional fez um procedimento estético em casa na bancária Lilian Quezia Calixto de Lima Jamberci, de 46 anos. Ela teve complicações e não resistiu.

Como noticiado pelo Metrópoles, a decisão foi tomada durante plantão judiciário no inquérito policial responsável por apurar a morte da bancária Lilian Calixto.
O Globo revelou que Lilian viajou de Cuiabá (MT) ao Rio de Janeiro para colocar cerca de 300ml de silicone nos glúteos. O médico realizou o procedimento na cobertura onde mora, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, na noite de sábado (14). Após verificar que a paciente enfrentava complicações, o profissional levou-a ao hospital Barra D'or.
Depois de dar entrada na unidade de saúde, Lilian piorou e teve quatro paradas cardiorespiratórias, sendo que na última não respondeu as manobras de ressuscitações. Ela morreu na madrugada de domingo (15).

Do Notícias ao Minuto 

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI