sexta-feira, 21 de setembro de 2018

PETRÓPOLIS VAI RECEBER MAIS DE 4,5 MILHÕES PARA HEMODIÁLISES

O município vai receber um reforço financeiro no custeio de hemodiálises e diálises pelo Sistema Único de Saúde (SUS). O Governo Federal anunciou, nesta quarta-feira (19.09), um repasse a ser feito pelo Fundo Nacional de Saúde para os Fundos de Saúde de 29 municípios do estado do Rio de Janeiro. Petrópolis vai passar a receber mais R$ 4,5 milhões por ano. Por mês, em conveniadas contratadas são cerca de 1,7 mil procedimentos.

“São tratamentos contínuos e que demandam muita atenção aos pacientes. Com as verbas sendo aumentadas a prefeitura tem a chance de investir com recursos próprios em outras frentes de atendimento”, afirma o prefeito Bernardo Rossi.
Em Petrópolis, duas unidades de saúde realizam hemodiálise em convênio com o município. No Hospital Santa Teresa, que fez, só em agosto, mais de mil procedimentos, e a Clínica Renalle, responsável por mais de 700 hemodiálises no mês.
O novo recurso faz parte do Fundo de Ações Estratégicas e Compensação (FAEC) para nefrologia, um incentivo financeiro que custeia parte desse tipo de procedimento. No total, o Governo Federal vai destinar mais de R$ 302 milhões para o estado, um recurso extra a ser pago mediante produção de cada município.
"Este recurso tem o objetivo de ampliar e qualificar os serviços de nefrologia no município. Desejamos aprimorar estes serviços, que são oferecidos a pacientes renais crônicos, em estágios diferentes, de acordo com a necessidade”, comentou a secretária interina de Saúde, Fabiola Heck.
Em todo o Brasil, segundo o Ministério da Saúde, existem 721 estabelecimentos habilitados para oferecer tratamentos renais pela rede pública de saúde. Entre 2010 e 2017, 233 novos serviços foram habilitados. O SUS conta hoje com 24.213 equipamentos de hemodiálise.

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI